15/06/2010

Conheça os prós e contras de parar de menstruar


Diversos fatores contribuem para que muitas mulheres decidam interromper o ciclo menstrual. Sintomas como inchaço, dor de cabeça e cólicas, são geralmente, os vilões dessa tomada de decisão. Existem muitos anticoncepcionais de uso contínuo que cessam a menstruação, porém, é preciso avaliar os benefícios e riscos que eles podem causar à saúde.

Tenho amigas que se queixam muito da fase pré menstrual (TPM). Quando vem a menstruação, muitas vezes sofremos de fortes cólicas, dores de cabeça e outros sintomas que incomodam e deixam algumas mulheres praticamente imprestável por 2 ou 3 dias.

Em entrevista, o ginecologista Malcolm Montgomery falou sobre o assunto ainda polêmico:

Algumas coisas são meio exageradas, mas sangrar não é bom para ninguém. Muitas pessoas têm a idéia de que sangrar é natural, é o biologicamente correto, de que menstruação é que é o certo. Mas o certo mesmo é a gravidez. Se fôssemos seguir a linha da natureza, a mulher engravidaria naturalmente mês a mês, isso seria biologicamente correto. Digo a mesma coisa que disse anteriormente: essa posição deve ser individualizada. Mulheres com graves problemas na freqüência ou no volume da menstruação devem interrompê-la sim. Não vejo nada de mal, mesmo porque já tenho cerca de 3 mil pacientes do Rio, de São Paulo e de Curitiba, que passaram pelo meu consultório, e que interromperam a menstruação sem qualquer conseqüência, aliás, com redução de TPM, sem sinal de endometriose ou miomas.

Eu fiz uso da injeção contraceptiva por 6 anos consecutivos. 6 anos sem menstruar. 6 anos sem TPM. Infelizmente, depois de ser diagnosticada como Hipertensa meu sossego se acabou. Mulheres hipertensas não podem usar a pílula e nem a injeção como contraceptivos.

Enfim, conheça alguns prós e contras deste método para evitar endometriose, diminuir a TPM ou te deixar por algum tempo longe da rotina chata da menstruação.

Prós

1 - O contraceptivo contínuo possui os mesmos efeitos colaterais que outros anticoncepcionais, não causando danos à saúde da mulher;

2 - Para as mulheres que têm TPM muito forte, a interrupção da menstruação é eficaz;

3 - Especialistas afirmam que é uma das formas de tratamento mais utilizadas contra a endometriose;

4 - Interromper a menstruação não diminui as possibilidades de engravidar. Assim que a mulher interromper o uso da pílula, voltará a ovular normalmente entre o primeiro e o terceiro mês.

Contras

1 - Especialistas afirmam que o método não é 100% eficaz. Na maioria dos casos, o fluxo menstrual diminui bastante, porém, não há interrupção total;

2 - Especialistas questionam a ingestão do hormônio em longo prazo, uma vez que não há estudos que comprovem a ligação do câncer com os anticoncepcionais, entretanto a possibilidade do medicamento ser um fator de risco não pode ser descartada;

3 - O método de contracepção, em muitos casos, faz com que o preservativo seja descartado das relações sexuais, ocasionando as DST's, hepatite e até mesmo a AIDS.
Importante

O método não é indicado para todas as mulheres, portanto, consulte o seu médico antes de interromper seu ciclo menstrual.

Fonte