25/08/2010

CORRÃO, LEIÃO e outros ÃOS internéticos


Muito se vê na internet, e principalmente em Redes Sociais, o uso dos termos "CORRAO / CORRÃO", "LEIAO / LEIÃO", "MORRAO / MORRÃO" escritos em caixa alta (Caps Lock) e com a grafia errada, acompanhando principalmente links. Claramente que a palavra LEIÃO, e as demais citadas, não existem.


O fato é que no Twitter, assim como em todo ambiente de redes sociais, a linguagem utilizada, na maioria das vezes, é informal, o que nos abre espaço para alguns erros propositais, instigando a curiosidade do leitor para o nosso discurso. Essa forma de conjugar o verbo LER, assim como o CORRER ("corrão" em vez de "corram") é nitidamente proposital e já é utilizada há certo tempo por diversos blogueiros.

Sabemos que a forma está gramaticalmente incorreta, mas é aí que encontramos apoio para criar uma maneira descontraída de chamar o leitor para um link, situação a qual é comum perceber esta prática. As pessoas que já conhecem essa prática sabem exatamente do que se trata, e sabem também que a grafia não está correta.


Então, quando você ver algum tweet alguma das palavras citadas, você já sabe do que se trata e não vai ser mal educado com quem escreveu, perguntando se a pessoa não sabe conjugar verbos, ou até mesmo dizendo que ela fugiu da escola. O desinformado neste ambiente é você.


PS: A correta conjugação do verbo LER na 3ª pessoa do plural no modo Imperativo Afirmativo realmente é LEIAM. Qualquer pessoa que prestou um pouco de atenção nas aulas de Português no ensino Fundamental e Médio sabe distinguir isso.


Fonte Formispring da Aline Bicudo
Siga a @alinebicudo